Back

ⓘ Eleição municipal de Petrolina em 1988




                                     

ⓘ Eleição municipal de Petrolina em 1988

As eleições municipais de Petrolina em 1988 aconteceram em 15 de novembro do mesmo ano, em turno único. Pela primeira vez, todos os municípios do país elegeram seus prefeitos sem restrições. O mandato dos eleitos compreenderia o período entre 1º de janeiro de 1989 e 31 de dezembro de 1992. Na cidade já realizava eleições para prefeito regulamente mesmo durante a Ditadura militar, as nomeação pelo govenador eram restrita a capital e estâncias hidrominerais estabelecidas em lei estadual. Mas raramente candidato da oposição obteve êxito em derrota os candidato grupo politico dominante e alinhado com Regime militar, saíram vitorioso após um eleição apertado contra um ex-aliado e ex-prefeito de Petrolina Diniz Cavalcanti.

Foi a terceira eleição sob a égide da Nova República e a penúltima das quatro realizadas no governo José Sarney. Foi também a primeira realizada após a promulgação da Constituição de 1988, embora sem a aplicação da regra de eleição em dois turnos. No mesmo dia foram eleitos 16 Vereadores para a legislatura que iniciou aos 01 de janeiro de 1989 e terminou em 31 de dezembro de 1992 e fizeram parte da Assembleia Municipal Constituinte responsáveis pela elaboração da nova lei Orgânica exigindo pelo art. 11 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição brasileira de 1988.

Essa eleição foi marcado pela cisão da família Coelho entre Osvaldo Coelho e Paulo Coelho representado na politica pelo seu filho Fernando Bezerra Coelho.

                                     

Referências

  • Eleições 1988 - Resultados. TRE-PE. Consultado em 8 de outubro de 2020
  • ATO INSTITUCIONAL Nº 3, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1966. www.planalto.gov.br. Consultado em 8 de outubro de 2020
  • LEI N o 4.738, DE 14 DE JULHO DE 1965. www.planalto.gov.br. Consultado em 8 de outubro de 2020
                                     
  • cidade a partir de 1º de fevereiro de 1983 e cujos sucessores seriam eleitos na Eleição municipal de Petrolina em 1988 Foi a última eleição realizada sob
  • A eleição municipal de Petrolina realizou - se em 1 de outubro de 2000, como parte das eleições nos 26 estados brasileiros, para a eleição de um prefeito
  • A eleição municipal de Petrolina em 1972 ocorreu em 15 de novembro do mesmo ano, em turno único, para eleger o prefeito, vice - prefeito e vereadores que
  • eleição municipal de Petrolina em 1992 ocorreu em 3 de outubro de 1992. O prefeito era Guilherme Coelho, do PFL, que terminaria seu mandato em 1 de janeiro
  • política de Petrolina G1 Petrolina Consultado em 10 de outubro de 2020 Após trair Dilma e o PSB, Fernando Bezerra agora é líder de Bolsonaro. Brasil de Fato
  • Integrada de Desenvolvimento do Polo Petrolina e Juazeiro, a maior RIDE região metropolitana do interior do Nordeste, com 769.544 habitantes. Petrolina foi
  • A eleição municipal de Boa Vista em 1988 ocorreu em 15 de novembro de 1988 O prefeito era Robério Bezerra de Araújo, do PFL, que terminaria seu mandato
  • 95 municípios brasileiros que podem ter segundo turno em eleição ou seja, cidades com mais de 200 mil eleitores. A quantidade corresponde a 1, 7 dos
  • Ottomar Pinto. Nascido em Petrolina PE ele é diplomado pela Escola de Aeronáutica Campo dos Afonsos no Rio de Janeiro e graduou - se em Medicina e Engenharia
  • A eleição municipal da cidade brasileira de Caruaru em 2016, localizada no Agreste de Pernambuco, ocorreu em 2 de outubro para eleger um prefeito, um
  • determinou sua posse no cargo de governador em 10 de novembro de 2004 tendo Erci de Moraes como seu vice. Natural de Petrolina Ottomar Pinto ingressou na