Back

ⓘ José Olímpio da Paz




José Olímpio da Paz
                                     

ⓘ José Olímpio da Paz

Nasceu em Campo Maior em 4 de setembro de 1912 foi tabelião do segundo oficio da comarca de Campo Maior e foi funcionário público. Foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Campo Maior, presidente do Centro Operário Campomaiorense e na literatura foi correspondente do Almanaque da Parnaíba. Nas eleições de 1958 foi eleito prefeito de Campo Maior pela UDN, com 2752 votos, vencendo Ivon Pacheco do PSD, que recebeu 2577 votos, para o mandato de 31 de janeiro de 1959 a 31 de janeiro de 1963. Nas leições de 1976 foi novamente eleito prefeito de Campo Maior e assume o mandato em 1 de fevereiro de 1977, mas falece no dia 14 de março do mesmo ano sendo sucedido pelo vice-prefeito, Joaquim Mamede Lima.

                                     
  • José de la Paz Herrera Uclés Soledad, 21 de novembro de 1940 Tegucigalpa, 28 de abril de 2021 foi um futebolista e treinador de futebol hondurenho
  • 1924 exercendo também dois mandatos de senador. Filho de José Olímpio de Melo e Inácia Olímpio de Melo, formou - se em Direito pela Faculdade de Direito
  • Luís Olímpio Teles de Menezes Bahia, 1828 - Rio de Janeiro, 16 de março de 1893 foi um jornalista brasileiro. É considerado como um dos pioneiros do
  • brasileira. Gilberto Olímpio Maria nasceu no dia 11 de março de 1942, na cidade de Mirassol, em São Paulo. Era filho de Antônio Olímpio Maria, que trabalhava
  • Na Paz dos Anjos foi uma telenovela portuguesa transmitida pela RTP durante os anos de 1994 e 1995. Foi a primeira novela a ser gravada nos Estúdios de
  • Melo interino por 2 dias Raimundo Nonato Andrade Jaime da Paz Dácio Bona José Olímpio da Paz Joaquim Mamede Lima Cezar Ribeiro Melo Raimundo Nonato Bona
  • Participaram quatro equipes vencedoras da Supercopa Libertadores de 1988 a 1991 sendo Racing, Boca Juniors, Olimpia e Cruzeiro. O campeonato foi disputado
  • Carlos Eugênio Sarmento Coelho da Paz codinome: Clemente Maceió, 23 de julho de 1950 - Ribeirão Preto, 29 de junho de 2019 foi um músico, escritor e
  • conselheiro da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, membro do conselho curador da Fundação Padre Anchieta e coordenador da Comissão Nacional da Verdade
  • 1907, o povoado foi elevado à Distrito de Paz com o nome de Avanhadava, pertencente ao município de São José do Rio Preto. Passou a denominar - se Planalto
  • foram marinheiros e soldados da GNR integrantes do movimento revolucionário em curso comandados pelo cabo Abel Olímpio o Dente de Ouro. António Granjo