Back

ⓘ Rato-do-pacífico




Rato-do-pacífico
                                     

ⓘ Rato-do-pacífico

O rato-do-pacífico ou kiore é uma espécie de mamífero roedor com uma distribuição geográfica vasta na zona do Pacífico e Sudeste Asiático. Originalmente confinado ao continente, o rato-do-pacífico acompanhou a expansão polinésia pelos arquipélagos do Pacífico, colonizando juntamente com o Homem ecossistemas até então livres de predadores do seu género. O rato-do-pacífico, que se adapta a uma grande variedade de habitats, desde que haja alimento em abundância, é considerado como uma espécie invasora, responsável, pelo menos em parte, por inúmeras extinções de espécies nativas, em particular de aves não voadoras ou que nidificavam ao nível do solo.

O rato-do-pacífico é um roedor esguio, com cerca de 15 cm de comprimento e cerca de 80 g de peso. As populações que vivem em climas frios são maiores que as de climas tropicais. A cauda pode ser tão comprida como o resto do corpo e está coberta por pequenas escamas. A pelagem é de cor castanha e a zona ventral é esbranquiçada.

A época de reprodução dos ratos-do-pacífico é contínua: cada fêmea pode dar à luz até quatro vezes por ano. Cada ninhada contém em média quatro juvenis, mas o número varia com a quantidade de alimento disponível. O período de gestação é de 19-21 dias e as crias tornam-se independentes da progenitora com cerca de 4 semanas de idade. A maturidade sexual é atingida com cerca de oito meses. A rapidez de reprodução e maturidade do rato-do-pacífico é um dos factores do seu sucesso ecológico.

O rato-do-pacífico é uma espécie oportunística que coloniza com sucesso uma enorme variedade de ecossistemas e que consome uma grande diversidade de alimentos, incluindo folhas, ervas, sementes, frutos e pequenos invertebrados como minhocas e insectos. A sua grande preferência é, no entanto, a cana-de-açúcar que, quando disponível, representa 70% da sua dieta. Na presença de espécies nativas inadaptadas à sua presença, o rato-do-pacífico explora todas as facilidades, alimentando-se de ovos e juvenis de aves ou répteis. Os ecossistemas da Nova Zelândia foram particularmente afectados pela introdução do rato-do-pacífico, que chegou juntamente com os maori. A invasão conjunta de humanos, roedores e outras espécies invasoras provocou uma hecatombe nas espécies locais e uma série de extinções.

O rato-do-pacífico não tem importância económica para o Homem, pelo contrário, provoca destruição de colheitas de cana-de-açúcar, em particular no Havaí. Outras colheitas afectadas são o cacau, ananás, coco, milho e arroz. Por causa desta ameaça à agricultura e ecossistemas locais, a erradicação do rato-do-pacífico está em curso em muitos arquipélagos do Pacífico.

                                     
  • longo da costa do Pacífico no norte da Baja California. A ascensão da agricultura e o uso de pesticidas, fazem com que o número de ratos comece a cair
  • cotovia - de - stephen, não voadora, o factor decisivo foi a introdução do rato - do - pacífico ou kiore uma espécie invasora que dizimou as populações desta
  • Lipinia noctua Kepler Emoia cyanura Kepler Emoia impar Kepler Rato - do - pacífico Rattus exulans Kepler Tursiops gilli Kepler Tartaruga - verde Chelonia
  • 1930 na ilha Mehetia. Hypotaenidia pacifica foi encontrada no Taiti, uma ilha do Arquipélago da Sociedade no Pacífico Sul, por naturalistas que faziam parte
  • são mamíferos cento e quarenta e cinco espécies são únicas no mundo. O rato veadeiro Peromyscus maniculatus é conhecido por ser portador de um tipo
  • empresas escrito por um cão Rapem as baleias Mantenha - se em forma usando o rato Ganhe tempo adiando as reuniões com imbecis Tragam - me a cabeça de Willy
  • que, como Rat em inglês, significa rato é uma ilha desabitada com 26, 7 km² de área, parte do grupo das Rat do arquipélago das Aleutas ocidentais, no
  • ilha, mas há pássaros, além de insetos e moluscos. Espécies como ratos - do - pacífico foram introduzidas recentemente na ilha, bem como gatos, cachorros
  • desta ecorregião e fornece o habitat para inúmeras espécies endêmicas, como rato - canguru de San Quintín Dipodomys gravipes esquilo da Baixa Califórnia
  • rios e estuários costeiros, especialmente no Estuário do Tejo. A Ilha do Rato era, até ao início do século XX, local de criação da ostra - portuguesa, que