Back

ⓘ Relógio floral




Relógio floral
                                     

ⓘ Relógio floral

Um relógio floral é um grande relógio decorativo com a face formada por leitos de flores, geralmente montados em parques ou em outras áreas de recreação pública.

O primeiro relógio floral foi ideia de John McHattie e do relojoeiro James Ritchie. Foi plantado pela primeira vez na primavera de 1903 nos Princes Street Gardens, Edimburgo, Escócia, Reino Unido. Naquele ano a instalação era composta apenas pelo ponteiro das horas: somente ano seguinte foi instalado também o ponteiro dos minutos. Um cuco que saía a cada hora foi adicionado em 1905. Logo em seguida, esse relógio foi imitado pelo restante do Reino Unido e mais tarde, em várias localidades pelo mundo.

Em Edimburgo o mecanismo do relógio localiza-se dentro da base da coluna que sustenta a estátua do poeta Allan Ramsay, ali próxima. O primeiro mecanismo utilizava peças recuperadas da igreja da paróquia de Elie, em Fife, foi instalado por Ritchie. Um novo mecanismo foi instalado em 1934 e ainda é mantido pela empresa de Ritchie.

Muitos desses relógios possuem o mecanismo situado no solo, abaixo do substrato, no qual são plantadas das flores, de forma a parecer a face de um relógio com ponteiros móveis que também pode abrigar plantas.

O único relógio floral com duas faces com ponteiros movidos pelo mesmo sistema está em Zacatlán, Puebla, México. Ele possui duas faces, cada uma com cinco metros de diâmetro. Foi construído por uma empresa local: a Relojes Centenario.

Michael Jackson tinha um relógio floral em seu rancho, Neverland. Outros relógios florais podem ser vistos no International Peace Garden, na fronteira entre a Dakota do Norte Estados Unidos e Manitoba Canadá e em Frankfort, Kentucky, também nos Estados Unidos

                                     

Referências

  • Brent Elliott, Floral Clock, Oxford Companion to Gardens, Oxford University Press, Oxford, 1986
  • Clifford-Smith, Silas; Floral Clocks, Oxford Companion to Australian Gardens, Oxford University Press, South Melbourne.
                                     
  • Os Jardins contém o coreto Ross, um anfiteatro, memorial de Guerra e Relógio floral juntamente com outras atrações. Duas das Galerias Nacionais, a Academia
  • genebrina mundialmente reconhecida, este relógio florido existe desde 1955. Antigamente simples decoração floral adquiriu dimensão artística desde que
  • poligonal de inusitada composição, uma única torre central e um grande relógio que pode ser visto por quase todos os moradores. É uma das mais antigas
  • residência do pároco, uma secretaria, um salão de festas e jogos, um relógio floral o Espaço Pastoral e a Casa de Memória, museu que preserva um importante
  • impressão têxtil. Enquanto ainda era estudante, criou um serie de desenhos florais que chamaram a atenção de importantes camisetarias italianas. No começo
  • arquiteto prescinde quase por completo de elementos decorativos de caráter floral e orgânico, para insistir no esqueleto estrutural e na disposição de volumes
  • projeção, uma grande torre de relógio à esquerda, e cúpulas de metal nos cantos, além de profusa ornamentação em motivos florais e abstratos, e algumas esculturas
  • aquilo que até ao final do século XIX foi o único relógio mecânico do mundo com números em árabe. O relógio foi construído em 1851 por Giovanni Orlandi um
  • premiado com um conjunto de trabalhos de gravação em marfim, nos II Jogos Florais do Trabalho. Em 1964 desenha uma escultura em aço com 5 toneladas para