Back

ⓘ Categoria:Espécies fósseis descritas em 2011




                                               

Acristavus

Acristavus é um gênero de dinossauro saurolofino. Os fósseis foram encontrados na Formação Two Medicine da Campânia em Montana e na Formação Wahweap em Utah. A espécie-tipo A. gagslarsoni foi nomeada em 2011. Diferentemente de quase todos os hadrossaurídeos, exceto o Edmontosaurus, o Acristavus carecia de ornamentação em seu crânio. A descoberta do Acristavus é paleontologicamente importante porque apoia a posição de que o ancestral de todos os hadrossaurídeos não possuíam ornamentação craniana e que a ornamentação era uma adaptação que mais tarde surgiu de forma interdependente nas subfam ...

                                               

Mongolarachne jurassica

Mongolarachne jurassica é uma espécie fóssil de aranha da família Mongolarachnidae do período Jurássico. É a única espécie descrita para o gênero Mongolarachne, que por sua vez é o único gênero na família. Originalmente descrita como Nephila jurassica, em 2011, foi recombinada em um novo gênero, o Mongolarachne em 2013. Os restos fósseis foram encontrados na formação Jiulongshan, próxima da vila de Daohugou no condado de Ningcheng, no nordeste da China. Tais aracnídeos chegavam a medir 15 centímetros de extensão com suas patas abertas.

                                               

Panthera zdanskyi

Panthera zdanskyi, também chamado de Tigre Longdan, é uma espécie fóssil de felino do gênero Panthera do Pleistoceno Inferior da província de Gansu, noroeste da China. O nome específico homenageia o paleotólogo austríaco Otto A. Zdansky. O holótipo consiste num crânio quase completo com a mandíbula, enquanto que o parátipo consiste no rostro, premaxila e maxila com quase toda a dentição, originalmente referido ao Panthera palaeosinensis. Os restos fósseis foram coletados nas encostas orientais de Longdan, ao sul do condado autônomo de Dongxiang e datados do estágio Gelasiano do início do P ...

                                               

Propanoplosaurus marylandicus

Propanoplosaurus é um género de dinossauro nodosauridae herbívoro do Cretáceo Inferior da Formação Patuxent de Maryland e seu tipo de espécime é de um filhote. Foi uma espécie de anquilossauro que teria vivido há cerca de 110 milhões de anos. A partir de 1994, Ray Stanford descobriu uma ichnofauna em Maryland, perto da fronteira com Washington DC. Junto com pegadas de dinossauros as impressões de um nodosaurídeo recém-nascido foram encontradas. O espécie-tipo Propanoplosaurus marylandicus foi nomeado e descrito por Stanford, David B. Weishampel e Valerie DeLeon em 2011. O nome específico r ...

                                               

Tapuiasaurus

Tapuiasaurus que significa "lagarto Tapuia" é um gênero de dinossauros saurópodes herbívoros. É um titanossauro nemegtosaurideo que viveu entre o Período Cretáceo Inferior idade Aptiana do Brasil. Seus fósseis, incluindo um esqueleto parcial quase completo com um crânio, foram recuperados a partir da Formação Quiricó Bacia São franciscana em Minas Gerais, leste do Brasil. Este gênero foi nomeado por Hussam Zaher, Diego Pol, Alberto B. Carvalho, Paulo M. Nascimento, Claudio Riccomini, Peter Larson, Rubén Juarez-Valieri, Ricardo Pires-Domingues, Nelson Jorge da Silva Jr. e Diógenes de Almeid ...

                                               

Xiaotingia zhengi

Xiaotingia zhengi é uma espécie fóssil de dinossauro terópode do Jurássico Superior. É a única espécie descrita para o gênero Xiaotingia. É conhecido somente pelo holótipo STM 27-2, um esqueleto articulado quase completo incluindo o crânio. O material fóssil foi coletado na área de Linglongta, na província de Liaoning, República Popular da China.

Ahshislepelta
                                               

Ahshislepelta

Ahshislepelta é um gênero de dinossauro anquilossauro anquilossaurídeo herbívoro do período Cretáceo, há cerca de 75 milhões de anos atrás, durante o Campaniano, no que é hoje a América do Norte. O Ahshislepelta foi designado à família Ankylosauridae, e mais especificamente a subfamília Ankylosaurinae.

Brontomerus mcintoshi
                                               

Brontomerus mcintoshi

O Brontomerus mcintoshi que em latim significa "coxas de trovão" é uma espécie de dinossauro cujos fósseis foram descobertos na década de 1990 em Utah, nos Estados Unidos.

Candelariodon barberenai
                                               

Candelariodon barberenai

Candelariodon barberenai é uma espécie de cinodonte encontrado em depósitos do Triássico Médio no Rio Grande do Sul, Brasil. É a única espécie descrita para o gênero Candelariodon. O restos fósseis, compreendendo uma mandíbula parcial com alguns dentes completos, foram encontrados na formação Santa Maria.

Eodromaeus
                                               

Eodromaeus

Eodromaeus é um gênero sul-americano de dinossauros que viveu há cerca de 230 milhões de anos, contando com cauda e pescoço compridos e pesando entre 4 e 7 quilos. Foi um dos dinossauros mais antigos do mundo.

Pissarrachampsa sera
                                               

Pissarrachampsa sera

Pissarrachampsa sera é uma espécie fóssil de crocodilomorfo da família Baurusuchidae encontrado no Brasil e datado do Cretáceo Superior. É a única espécie descrita para o gênero Pissarrachampsa.

                                               

Talos sampsoni

Talos sampsoni é uma espécie de dinossauro terópode encontrada em depósitos do Cretáceo Superior em Utah, EUA. É a única espécie descrita para o gênero Talos.

Titanoceratops
                                               

Titanoceratops

Titanoceratops é um gênero de dinossauros herbívoros ceratopsídeos. Viveu durante o final do Cretáceo, no que é agora o Novo México. Foi nomeado em 2011 por Nicholas R. Longrich, a partir de uma amostra do que se pensava ser outro exemplar de Pentaceratops. Titanoceratops foi nomeado pelo seu gigante do crânio. A espécie-tipo é Titanoceratops ouranos, em referência a Urano, pai dos titãs na mitologia grega.