Back

ⓘ Fernando Scherer




Fernando Scherer
                                     

ⓘ Fernando Scherer

Fernando de Queiroz Scherer, o Xuxa, é um ex-atleta brasileiro de natação.

Teve importante participação na história brasileira desse esporte, se especializando nas provas de 50 metros livre e 100 metros livre. Entre suas principais conquistas estão duas medalhas olímpicas, dez medalhas em Jogos Pan-Americanos e alguns recordes.

Foi federado em diversos clubes, entre eles o Doze de Agosto de Santa Catarina, o Flamengo do Rio de Janeiro e o Primeiro de Maio de São Paulo.

                                     

1. Trajetória esportiva

1996

Participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, onde obteve o bronze nos 50 metros livre, ficou em quinto lugar nos 100 metros livre, e em quarto lugar no revezamento 4x100 metros livre.

2002

Em 2002, Xuxa volta a morar no Brasil, em São Paulo.

2004

Em maio, igualou seu recorde sul-americano dos 50 metros borboleta: 23s86.

Em Atenas 2004, participou apenas de uma prova, ficando em 11º nos 50 metros livre.

2007

Em 2007, Xuxa se aposentou da natação profissional.

                                     

1.1. Trajetória esportiva 1993

No Troféu José Finkel campeonato brasileiro de piscina curta que aconteceu em Santos, em julho de 1993, o time do Brasil, composto por Fernando Scherer, Teófilo Ferreira, José Carlos Souza e Gustavo Borges bateu o recorde mundial do revezamento 4x100 metros livre no dia 7, com o tempo de 3m13s97, três centésimos melhor que a marca que era da Suécia desde 19 de março de 1989, 3m14s00. Em 5 de dezembro, o Brasil bateu novamente o recorde da prova, com a mesma equipe, e a marca de 3min12s11. Esta marca foi obtida no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 1993 de Palma de Mallorca, onde Scherer ganhou seus primeiros grandes títulos: o ouro nos 4x100 metros livre e o ouro nos 100 metros livre, com apenas 19 anos de idade e cinco anos de natação. Com isso, foi eleito o atleta revelação do Brasil.

                                     

1.2. Trajetória esportiva 1994

Participou do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 1994 realizado em Roma, na Itália, onde obteve o bronze na prova do 4x100 metros livre junto com Teófilo Ferreira, André Teixeira e Gustavo Borges. Scherer também ficou em décimo lugar nos 50 metros livre, e 14º nos 100 metros livre.

                                     

1.3. Trajetória esportiva 1995

Em 1995, assinou contrato com o Flamengo: foi o primeiro atleta da natação com contrato assinado.

Scherer participa pela primeira vez dos Jogos Pan-Americanos em 1995, em março, na Argentina, onde ele se tornou campeão dos 50 metros livre. Além disso, ganhou mais duas pratas nos revezamentos 4x100 e 4x200 metros livre, e o bronze nos 100 metros livre.

Foi considerado o Esportista Brasileiro do Ano em 1995, após ganhar duas medalhas de ouro no Campeonato Mundial em Piscina Curta de 1995 no Rio de Janeiro.

                                     

1.4. Trajetória esportiva 1996

Participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, onde obteve o bronze nos 50 metros livre, ficou em quinto lugar nos 100 metros livre, e em quarto lugar no revezamento 4x100 metros livre.

                                     

1.5. Trajetória esportiva 1998

Em 1998, Xuxa se mudou para Coral Springs, na Flórida.

Scherer esteve no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 1998 em Perth, onde ficou em oitavo lugar na final dos 50 metros livre, 17º nos 100 metros livre e sexto na final dos 4x100 metros livre.

Em agosto de 1998, em Nova York, Xuxa quebrou o recorde sul-americano dos 50 metros livre, com a marca de 22s18, que só viria a ser quebrado nove anos depois, em 2007, por César Cielo; e também dos 100 metros livre, com a marca de 48s69, que demorou oito anos para ser quebrada, em 2006, também por Cielo. Com isso, obteve a primeira colocação no ranking mundial em ambas as provas, e recebeu o título de Melhor do Mundo pela revista Swimworld e pela segunda vez, de melhor atleta brasileiro pelo COB.

O final de 1998 ficou marcado pela terceira quebra consecutiva do recorde dos 4x100 metros livre em piscina curta, pelo revezamento brasileiro. Em 20 de dezembro, logo após o encerramento do Troféu José Finkel, o quarteto formado por Fernando Scherer, Carlos Jayme, Alexandre Massura e Gustavo Borges, nesta ordem, caíram na piscina do Club de Regatas Vasco da Gama e conseguiram a marca de 3m10s45, que só seria batida ano 2000 pela equipe da Suécia. Nesta competição, Scherer também havia quebrado os recordes sul-americanos de piscina curta das provas dos 50 metros livre, com 21s44; 100 metros livre, com 47s17; e o recorde brasileiro dos 100 metros borboleta, com 53s13.

Foi eleito também melhor nadador do mundo ano de 1998 pela Federação Internacional de Natação.



                                     

1.6. Trajetória esportiva 1999

Em 1999 começou o ano quebrando duas vezes, na mesma semana de março, o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta.

Neste ano, Scherer teve participação efetiva no melhor resultado do Brasil de todos os tempos da natação brasileira nos Jogos Pan-Americanos. Neste Pan de 1999, o revezamento 4x100m medley ganhou, pela primeira vez na história do Pan, a medalha de ouro, com o tempo de 3m40s27, quebrando os recordes pan-americano e sul-americano, além de garantir a vaga do revezamento brasileiro para as Olimpíadas de Sydney 2000. Também ganhou os ouros nos 50 e 100 metros livre e 4x100 metros livre neste com recorde sul-americano, sendo o primeiro brasileiro a ganhar quatro ouros no mesmo Pan.

                                     

1.7. Trajetória esportiva 2000

Em 2000, Scherer abdicou de todas as competições unicamente para se preparar para Sydney 2000. Porém, um acidente na escada de sua casa fez com que ele sofresse uma entorse no tornozelo, que causou um rompimento parcial do ligamento, fato este que quase o tirou dos jogos. Mesmo assim, praticamente sem condições de nadar – o nadador quase não bateu perna durante a prova -, Scherer ganhou o bronze no revezamento 4x100 metros livre. Também participou de outras duas provas, ficando em 12º nos 4x100 metros medley e 20º nos 50 metros livre.

                                     

1.8. Trajetória esportiva 2002

Em 2002, Xuxa volta a morar no Brasil, em São Paulo.

                                     

1.9. Trajetória esportiva 2003

Em julho, no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2003 em Barcelona, bateu o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta, que era dele mesmo, com a marca de 23s86. Foi à final da prova, terminando em oitavo lugar. Também participou dos 50 metros livre, onde terminou na 23º colocação, e dos 4x100 metros livre, terminando na 12ª colocação.

Participou de seu terceiro Pan, na República Dominicana, aos 29 anos de idade. Nesta edição, ajudou a natação do Brasil a conseguir 21 medalhas recorde da modalidade. Obteve dois ouros, nos 50 metros livre batendo o campeão olímpico Gary Hall Jr. e o campeão mundial José Meolans e no revezamento 4x100 metros livre.

                                     

1.10. Trajetória esportiva 2004

Em maio, igualou seu recorde sul-americano dos 50 metros borboleta: 23s86.

Em Atenas 2004, participou apenas de uma prova, ficando em 11º nos 50 metros livre.

                                     

1.11. Trajetória esportiva 2005

Já com 30 anos de idade, participando do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2005, Scherer ainda bateu o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta na semifinal do campeonato, em 24 de julho, com a marca de 23s55, recorde que só viria a ser batido em 2009 por César Cielo. Terminou em quinto lugar na final. Também obteve o 24º lugar nos 50 metros livre.

                                     

1.12. Trajetória esportiva 2007

Em 2007, Xuxa se aposentou da natação profissional.

                                     

2. Vida pessoal

Atualmente Fernando Scherer é empresário de atletas. Já foi empresário de César Cielo Filho, que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008 nos 50 metros livres, a medalha de bronze nos 100 metros livre, além de se tornar campeão mundial nos 50 e 100 metros livres no Mundial de Roma 2009, batendo o recorde mundial dos 100 metros livres.

Em 2009, participou do reality show A Fazenda 2, da Rede Record. Durante sua participação no programa, conheceu a dançarina Sheila Mello, com quem namorou após o fim da atração se casaram em 2010. Em agosto de 2018 o casal separou-se.

Fernando Scherer e Sheila Mello são pais de Brenda, nascida em São Paulo, em 26 de março de 2013. Brenda é a primeira filha do casal, e segunda de Xuxa, que também é pai de Isabella, fruto de seu primeiro casamento.

Possui uma academia localizada no Beiramar Shopping, em Florianópolis.

                                     

3. Recordes

Fernando Scherer é ex-detentor dos seguintes recordes:

Em piscina curta 25m, Fernando Scherer foi recordista mundial do revezamento 4x100 metros livre entre 1993 e 2000.

                                     

4. Conquistas

Recordes

  • Segundo lugar no recorde de medalhas de ouro obtidas em um único Pan-Americano: quatro de ouro, nos Jogos de Winnipeg em 1999)
  • 4x50 metros livre 1m29s31
                                     
  • Scherer Florianópolis, 17 de fevereiro de 1996 é uma atriz brasileira. É filha do ex - nadador brasileiro Fernando Scherer Isabella Medeiros Scherer
  • Odilo Scherer Alfredo Vicente Scherer Fernando Scherer Irineu Scherer Johann Jakob Scherer Pedro Scherer Sobrinho 9639 Scherer
  • Irineu Roque Scherer Cerro Largo, 15 de dezembro de 1950 - Joinville, 2 de julho de 2016 foi um sacerdote católico brasileiro, Bispo de Joinville. De
  • Jogos Pan - Americanos de 2003 foi realizado em 16 de agosto de 2003. Fernando Scherer BRA conquistou o tricampeonato com a marca de 22.40, com José Meolans
  • história de amor de Sheila Mello e Fernando Scherer entretenimento.r7.com. R7. 2 de agosto de 2018 Fernando Scherer e Sheila Mello estão grávidos
  • 6 de agosto de 1999. O último campeão dos Jogos Pan - Americanos foi Fernando Scherer do Brasil. Essa corrida consistiu em uma única piscina olímpica de
  • brasileira de TV Enerzon Xuxa Harger - político e historiador brasileiro Fernando Scherer - ex - nadador brasileiro conhecido como Xuxa Xuxa Lopes - atriz brasileira
  • Janeiro, na prova dos 4x100 metros nado livre, junto com Gustavo Borges, Fernando Scherer e André Cordeiro, com a marca de 3m12s42. Participou dos Jogos Olímpicos
  • ouro no revezamento 4x100 metros livre, junto com Gustavo Borges, Fernando Scherer e Alexandre Massura, com a marca de 3m12s42. Nas Olimpíadas de 1996
  • ala Caio Cazziolato conheceram - se, apresentados pelo amigo em comum Fernando Scherer o Xuxa, também nadador começaram a namorar e hoje estão casados
  • brasileiro para Fernanda Alvarenga CBDA. 4 de setembro de 2008. Consultado em 23 de março de 2013 Cai o último recorde de Fernando Scherer CBDA. 7 de
  • Fernando Scherer Edvaldo Valério, André Cordeiro e Gustavo Borges 6º Luiz Lima 1500m livre 8º Gustavo Borges 200m livre 8º Fernando Scherer
  • após o encerramento do Troféu José Finkel, o quarteto formado por Fernando Scherer Carlos Jayme, Alexandre Massura e Gustavo Borges, nesta ordem, caíram
                                               

Xuxa (desambiguação)

Xuxa pode referir-se a: Xuxa Lopes - atriz brasileira Xuxa - modelo e apresentadora brasileira de TV Fernando Scherer - ex-nadador brasileiro conhecido como Xuxa Enerzon Xuxa Harger - político e historiador brasileiro